RELATÓRIO DE GESTÃO – 1º TRIMESTRE 2022

A escalada da taxa de juros de longo prazo tem provocado sensíveis alterações nos preços dos ativos: juros mais elevados significam uma diminuição no valor presente dos fluxos de caixa futuros e, portanto, uma redução no valor dos ativos. Mas este efeito é mais relevante em empresas de alta qualidade e crescimento do que em empresas estáveis ou cíclicas.

Por outro lado, no longo prazo, o preço das ações acompanha a evolução dos lucros e o investidor possuidor de bons ativos que são capazes de produzir elevação consistente de lucro no longo prazo, acaba sendo recompensado pela valorização de seus ativos.

Neste relatório discutimos o efeito destas forças antagônicas e como nós, como gestores de recursos, nos posicionamos em momentos como este.

Tecemos também reflexões sobre evoluções ESG no Brasil e anunciamos a segunda edição do Prêmio Acadêmico FAMA ESG.
Icone Documento

RELATÓRIO DE GESTÃO – 1º TRIMESTRE 2022

cadastre-se e receba nossos relatórios