O Futuro: Seis Desafios Para Mudar o Mundo

Al Gore, ex-vice-presidente dos Estados Unidos, nos apresenta mais uma “verdade inconveniente”. Mantendo a mesma paixão com que abordou o desafio das mudanças climáticas, e amparado em décadas de experiência à frente das políticas globais, o autor analisa o horizonte nublado de nosso planeta e, apresentando uma avaliação sóbria e fundamentada, identifica os seis principais desafios para o nosso mundo em mudança: a crescente globalização econômica, que gerou uma entidade integrada e holística que se relaciona de forma totalmente nova com o capital, o mercado de trabalho, os mercados consumidores e os governos. A comunicação digital globalizada, que reúne os pensamentos e as emoções de bilhões de pessoas e conecta equipamentos, robôs, sensores onipresentes e bases de dados. A alteração do equilíbrio do poder político, econômico e militar do mundo – transferido dos Estados Unidos para um conjunto de centros de poder emergentes. Um sistema de avaliação econômica impreciso, que nos conduz ao crescimento insustentável do consumo. A revolução nos estudos dos genomas e nas ciências da vida, que está transferindo o controle da evolução para as mãos humanas. A ruptura radical nas relações entre os seres humanos e os ecossistemas da Terra. Desde o início de sua vida pública, Al Gore tem alertado para os perigos e as promessas das verdades emergentes, por mais “inconvenientes” que sejam esses avisos. Ao mesmo tempo envolvente e visionário, O Futuro oferece um mapa do mundo que parece se aproximar, elaborado por um homem que vem se destacando por pensar à frente – e que já comprovou estar certo.

Fonte: Amazon

O nível: Por que uma sociedade mais igualitária é melhor para todos

Um estudo sobre como as relações numa sociedade é construída sobre fundações materiais Resultado de 30 anos de pesquisa, O nível fornece evidências de que quase tudo – da expectativa de vida às doenças mentais, da violência ao analfabetismo – é determinado não pela riqueza de uma sociedade, mas por quão igualitária ela é. Além disso, sociedades com um grande abismo entre ricos e pobres são ruins para todos, inclusive para os mais abastados. Mas que também podemos encontrar soluções positivas e caminhar em direção a um futuro mais feliz e mais justo. Os renomados pesquisadores Richard Wilkinson e Kate Pickett expõem as contradições entre o sucesso material e o fracasso social no mundo desenvolvido, mas não se limitam a dizer o que está errado. Eles mostram o caminho para uma nova configuração política: de um consumismo autocentrado para uma sociedade mais sustentável e solidária. Imprescindível, instigante e inspirador, O nível é um livro que propõe uma nova maneira de pensar sobre nós mesmos e sobre as nossas comunidades, mudando a nossa maneira de ver o mundo.

Fonte: Amazon

Humanocracy: Creating Organizations as Amazing as the People Inside Them

In a world of unrelenting change and unprecedented challenges, we need organizations that are resilient and daring.

Unfortunately, most organizations, overburdened by bureaucracy, are sluggish and timid. In the age of upheaval, top-down power structures and rule-choked management systems are a liability. They crush creativity and stifle initiative. As leaders, employees, investors, and citizens, we deserve better. We need organizations that are bold, entrepreneurial, and as nimble as change itself. Hence this book.

In Humanocracy, Gary Hamel and Michele Zanini make a passionate, data-driven argument for excising bureaucracy and replacing it with something better. Drawing on more than a decade of research and packed with practical examples, Humanocracy lays out a detailed blueprint for creating organizations that are as inspired and ingenious as the human beings inside them.

Critical building blocks include:

Motivation: Rallying colleagues to the challenge of busting bureaucracy
Models: Leveraging the experience of organizations that have profitably challenged the bureaucratic status quo
Mindsets: Escaping the industrial age thinking that frustrates progress
Mobilization: Activating a pro-change coalition to hack outmoded management systems and processes
Migration: Embedding the principles of humanocracy—ownership, markets, meritocracy, community, openness, experimentation, and paradox—in your organization’s DNA

If you’ve finally run out of patience with bureaucratic bullshit . . .
If you want to build an organization that can outrun change . . .
If you’re committed to giving every team member the chance to learn, grow, and contribute . . .
. . . then this book’s for you.

Whatever your role or title, Humanocracy will show you how to launch an unstoppable movement to equip and empower everyone in your organization to be their best and to do their best. The ultimate prize: an organization that’s fit for the future and fit for human beings.

Fonte: Amazon

Reinventando as Organizações: um Guia Para Criar Organizações Inspiradas no Próximo Estágio da Consciência Humana

Um novo modelo organizacional está surgindo, prometendo uma revolução no local de trabalho. Frederic Laloux nos mostra que o próximo estágio da consciência humana está em curso e vai mudar a forma como administramos nossos negócios. Com exemplos e histórias de organizações pioneiras, este livro é leitura indispensável para líderes, empreendedores, fundadores, coaches e consultores.

Fonte: Amazon

Manifesto for a Moral Revolution: A book for change makers

In 2001, when Jacqueline Novogratz founded Acumen, a global community of socially and environmentally responsible partners dedicated to changing the way the world tackles poverty, few had heard of impact investing–Acumen’s practice of “doing well by doing good.” Nineteen years later, there’s been a seismic shift in how corporate boards and other stakeholders evaluate businesses: impact investment is not only morally defensible but now also economically advantageous, even necessary.

Still, it isn’t easy to reach a success that includes profits as well as mutually favorable relationships with workers and the communities in which they live. So how can today’s leaders, who often kick off their enterprises with high hopes and short timetables, navigate the challenges of poverty and war, of egos and impatience, which have stymied generations of investors who came before?

Drawing on inspiring stories from change-makers around the world and on memories of her own most difficult experiences, Jacqueline divulges the most common leadership mistakes and the mind-sets needed to rise above them. The culmination of thirty years of work developing sustainable solutions for the problems of the poor, Manifesto for a Moral Revolution offers the perspectives necessary for all those–whether ascending the corporate ladder or bringing solar light to rural villages–who seek to leave this world better off than they found it.

Fonte: Amazon

Boa economia para tempos difíceis

Desigualdade, imigração, desaceleração do crescimento, mudança climática, automação do trabalho, comércio internacional e distribuição de renda são temas econômicos e políticos tão centrais quanto contestados no debate público atual ― seja na Europa, nos Estados Unidos, na América Latina ou no Vietnã.
Como combater a explosão da desigualdade em todo o mundo? O comércio internacional é o problema ou a solução? Existe mesmo um excesso de migrantes subqualificados? Devemos nos preocupar com os avanços da inteligência artificial ou promovê-la deliberadamente? E, o que é mais premente, como os governos podem ajudar as pessoas que os mercados insistem em deixar para trás?
Neste livro lúcido e revolucionário, Abhijit V. Banerjee e Esther Duflo ― ganhadores do prêmio Nobel de economia de 2019 ― apresentam o que os melhores economistas de hoje têm a dizer a respeito das questões fundamentais que desafiam as sociedades. Baseados nas mais recentes e conceituadas pesquisas econômicas, explicadas aqui com clareza e honestidade, os autores desconstroem falsas verdades e nos mostram não apenas as conclusões surpreendentes a que tais estudos chegaram ― mas também, e principalmente, que as soluções inspiradas nesses resultados podem ser determinantes na construção de um mundo mais justo e humano.
Criativo, instigante e urgente, Boa economia para tempos difíceis oferece argumentos a favor de intervenções inteligentes e de uma sociedade participativa.

“Nem todos os economistas usam gravata e pensam como banqueiros. Banerjee e Duflo destrincham novas pesquisas, questionam as visões convencionais sobre temas que vão do comércio à tributação de altas rendas e mobilidade social e oferecem caminhos para enfrentá-los.” ― Thomas Piketty, autor de O capital no século XXI.

Fonte: Amazon

Lições de um empresário rebelde

Yvon Chouinard é fundador e proprietário da Patagônia, empresa estabelecida em Ventura, na Califórnia. Começou nos negócios desenhando, manufaturando e distribuindo equipamentos de escalada em rocha no final dos anos 1950. Seus experimentos o levaram a aprimorar piquetas que facilitaram a evolução das técnicas francesas de escalada em gelo e serviram de base para o design das piquetas de gelo modernas. Em 1964, produziu seu primeiro catálogo de pedidos via correio, uma folha mimeografada que recomendava aos interessados não esperarem entregas rápidas durante a temporada de escalada. Em 2001, Yvon ajudou a fundar a 1% For The Planet, aliança empresarial que estimula a doação de ao menos um por cento das vendas anuais dessas empresas para um grupo de organizações comprometidas com o meio ambiente em todo o mundo. Hoje, ele contribui significativamente com ativistas ligados engajados nestas causas, integra o quadro de inúmeras organizações ambientalistas e passa boa parte do seu tempo ao ar livre.

Fonte: Amazon

Homo Deus

Neste Homo Deus: uma breve história do amanhã, Yuval Noah Harari, autor do estrondoso best-seller Sapiens: uma breve história da humanidade, volta a combinar ciência, história e filosofia, desta vez para entender quem somos e descobrir para onde vamos. Sempre com um olhar no passado e nas nossas origens, Harari investiga o futuro da humanidade em busca de uma resposta tão difícil quanto essencial: depois de séculos de guerras, fome e pobreza, qual será nosso destino na Terra? A partir de uma visão absolutamente original de nossa história, ele combina pesquisas de ponta e os mais recentes avanços científicos à sua conhecida capacidade de observar o passado de uma maneira inteiramente nova. Assim, descobrir os próximos passos da evolução humana será também redescobrir quem fomos e quais caminhos tomamos para chegar até aqui.

Fonte: Amazon

21 Lições para o Século 21

Como podemos nos proteger de guerras nucleares, cataclismos ambientais e crises tecnológicas? O que fazer sobre a epidemia de fake news ou a ameaça do terrorismo? O que devemos ensinar aos nossos filhos?
Em Sapiens, Yuval Noah Harari mostrou de onde viemos; em Homo Deus, para onde vamos. 21 lições para o século 21 explora o presente e nos conduz por uma fascinante jornada pelos assuntos prementes da atualidade.
Seu novo livro trata sobre o desafio de manter o foco coletivo e individual em face a mudanças frequentes e desconcertantes. Seríamos ainda capazes de entender o mundo que criamos?

Fonte: Amazon

Strategic Management: A Stakeholder Approach

Strategic Management: A Stakeholder Approach was first published in 1984 as a part of the Pitman series in Business and Public Policy. Its publication proved to be a landmark moment in the development of stakeholder theory. Widely acknowledged as a world leader in business ethics and strategic management, R. Edward Freeman’s foundational work continues to inspire scholars and students concerned with a more practical view of how business and capitalism actually work. Business can be understood as a system of how we create value for stakeholders. This worldview connects business and capitalism with ethics once and for all. On the 25th anniversary of publication, Cambridge University Press are delighted to be able to offer a new print-on-demand edition of his work to a new generation of readers.

Fonte: Amazon

cadastre-se e receba nossos relatórios