ESG & Investimento Responsável

Nossas opiniões e como as incorporamos no Processo de Investimento

  • ESG é, em última instância, uma poderosíssima ferramenta de controle de riscos.

  • Sustentabilidade, no sentido amplo da palavra, significa reduzir a incerteza em um fluxo incerto.

 

  • Empresas com cultura ESG pensam a longo prazo, o que, geralmente, é um indicativo de um bom management.

 

  • Empresas com rentabilidades anormalmente elevadas devem ser mais bem compreendidas e não enaltecidas. Eventualmente pode ser uma indicação de que o lado “S” do ESG pode estar corrompido, com excessiva pressão em algum elo da cadeia (fornecedores, colaboradores ou clientes) em uma relação não sustentável no longo prazo.

 

  • Reflexões de ESG ajudam a entender sobre a qualidade do negócio.

 

  • O uso isolado de scores, check-lists ou indicadores como únicas formas de entender o ESG é uma postura míope e eventualmente pode até inibir o desenvolvimento de boas políticas.

 

  • Não há tolerância para a falta de ética.

 

  • Há setores mais ou menos expostos a questões ambientais. A maioria dos setores está de certa forma exposto a questões sociais. Mas não há empresa ou setor em que o emprego da boa governança não seja crítico.

 

  • Filtro de exclusão é um necessário primeiro passo para lidar com ESG, mas é apenas um primeiro passo.

 

  • ESG trata de oportunidades e de riscos. Portanto de upsides e de downsides. Não integrar o ESG ao processo significa não compreender a empresa, suas opcionalidades, desafios e riscos. Os riscos podem ser materialmente relevantes. As oportunidades também.

  • Os conceitos que se referem a ESG como “setores ou empresas a evitar” ou “setores ou empresas boas para se ter” ficaram obsoletos. Pensar ESG é pensar em sustentabilidade a longo prazo.

  • Há uma questão demográfica que não pode ser ignorada: a geração dos millenials é muito consciente nas questões de meio ambiente e bastante sensível a causas sociais. A forma de consumir já está mudando rapidamente (por exemplo, compartilhar em vez de possuir). Empresas que ignorarem questões socioambientais ignorarão uma legião de consumidores e colaboradores. Os conceitos de ESG representam, além de tudo, um tema geracional. Portanto, desprezar tais conceitos é, no mínimo, má gestão.

ESG & Investimento Responsável na FAMA Investimentos

PRI - Relatório de Transparência

PRI - Manifesto contra o desmatamento e queimadas na Amazônia

As informações contidas neste material são de caráter exclusivamente informativo. É fundamental a leitura do regulamento dos fundos antes de qualquer decisão de investimento. Rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura. As rentabilidades divulgadas não são líquidas de impostos. Para avaliação de performance do fundo de investimento, é recomendável uma análise de período de, no mínimo, 12 (doze) meses. Os Fundos de Investimento não contam com garantia da instituição administradora, da gestora ou do Fundo Garantidor de Créditos - FGC.

Produzido por: FAMA Investimentos. Todos os direitos reservados